Dicas e Sugestões para Adaptação no Berçário e Maternal

Todo começo de ano e semestre, sempre temos problemas com a adaptação.

Às vezes os próprios pais são os que mais sofrem com a adaptação, mas vamos tentar te ajudar com nossas dicas e sugestões para esse delicado momento escolar.

Introdução à adaptação

A entrada ou retorno da criança a creche é um momento delicado. Trata-se de uma adaptação muito complexa.

É uma mudança na rotina da família, envolve o professor, a relação professores-aluno, as crianças.

É uma adaptação e conhecimento do novo espaço físico, e que pode gerar uma variedade de sentimentos e expectativas.

Essas expectativas, grande parte ao redor da criança e dos pais, devem ser administradas e o momento de adaptação à escola deve ser planejado pelos educadores.

Seja no berçário ou maternal, a adaptação escolar é um momento de atenção aos sentimentos que vão aparecer e também na compreensão das particularidades de cada família e de cada criança, indiferente da sua faixa etária.

Quanto tempo deve durar a adaptação no berçário ou maternal

Se você acha que existe um período X determinado para que a criança faça a adaptação, é hora de rever seus conceitos.

É fundamental você saber que esse período de transição não tem um tempo determinado, pode durar dias, semanas ou meses.

Sério?

Sim, e com cada criança isso será diferente e precisará de ações e atividades diferenciadas, considerando cada uma das suas particularidades.

Papel do educador na adaptação

Nesse momento é que surgem os vínculos afetivos e emocionais com os educadores e as crianças passam a ter uma ou duas pessoas como suas referências nesse período de adaptação ao novo ambiente.

O estabelecimento de uma relação profunda com cada bebê que chega na escola é fundamental e indispensável.

Num cenário ideal, sabemos que nem sempre é assim, cada educador deve ficar com um grupo de cinco ou seis crianças, com o objetivo de realizar a observação de cada criança individualmente.

Essa observação e acompanhamento é necessária para compreender os sentimentos de empatia das crianças.

Você poderá ser capaz de identificar através dos olhares, demonstração de alegria ou descontentamento através dos gestos e sorrisos até que esta relação seja próxima e permita atender às diferentes necessidades de cada criança.

O educador deve dar sinais de que a criança está em um ambiente novo, mas seguro e deve ser uma referência de pessoa em que possa confiar.

Durante a adaptação, é importante o contato diário do educador com a criança.

Responsabilidades do educador durante a adaptação:

  • acolher
  • aconchegar
  • amparar
  • oferecer
  • bem-estar
  • conforto físico e emocional

Quanto melhor for a qualidade no momento do acolhimento, se contribui consideravelmente para a adaptação com o sucesso, já que a relação e a criação do vínculo entre a escola, pais, educadores e crianças se formam nesse período.

Etapas básicas no processo de adaptação

São várias as etapas da adaptação, e elas começam muito antes da chegada da criança na escola.

Inscrição, matrícula e entrevista com os pais

Marque um período para inscrição dos alunos, assim você pode se concentrar em cada fase à seguir.

Receba os pais nos dias da inscrição, é importante tirar todas as dúvidas.

Não precisa ainda ter muitas informações sobre a criança, o foco é atender os pais.

Este primeiro contato é fundamental para que os pais possam saber o que esperar e o que não esperar da escola, já que parte da educação e adaptação da criança também cabe à eles.

Você pode apresentar brevemente os espaços da escola, lembre-se, é somente uma inscrição.

No momento da matrícula e entrevista da criança, este sim deve ser algo estruturado e detalhado.

Colha informações importantes sobre o comportamento da criança e faça suas anotações pessoais.

Evite tirar conclusões neste momento, como o contato é muito curto, você pode e fará uma avaliação incorreta.

Compartilhe as informações com os professores e educadores que terão contato com essas crianças.

Informação nunca é de mais.

Algumas coisas úteis como alergias, restrições alimentares, horários de entrada e saída de cada criança, devem estar afixadas em local de fácil acesso.

Não se esqueça de ter também fácil acesso aos telefones dos pais e responsáveis pelo aluno, em caso de qualquer emergência ou dúvida.

Na fase de adaptação do aluno na escola, sempre que surgir uma dúvida é importante entrar em contato com os pais, seja por um recado na agenda escolar ou até uma ligação telefônica.

Reunião com os pais de novos alunos matriculados

Agende uma reunião com os pais dos novos alunos ANTES de começar as aulas. na escola ou na creche.

Apresente a equipe de diretores, assistente social, psicóloga infantil, educadoras, psicopedagoga, nutricionista.

Apresente aos pais algumas orientações que vão facilitar no momento da adaptação, lembre-se que com as crianças e já na escola, tudo será muito mais corrido, então essa reunião preliminar é muito importante.

Oriente os pais das crianças em adaptação escolar para conversarem com os filhos sobre os preparativos para virem à creche.

Oriente que mentir ou falar frases como dizer que a criança vai ser levada ao parquinho ou que vai ficar só um dia na escola.

Sugira aos pais para perguntarem às crianças, o que elas imaginam sobre a escola e conversem sobre o assunto em casa.

Ajude os pais na organização do primeiro dia e primeira semana de aula, oriente os em relação à quem os receberá e suas respectivas funções: os professores, orientador pedagógico, diretor de escola, assistente social, educadoras e demais funcionários.

Primeiros dias de adaptação escolar

Aos colaboradores, oriente para que eles se apresentem aos pais durante a semana da adaptação sempre que os encontrarem, “Oi, meu nome é fulana, e sou professora da escola”.

Converse previamente com os pais como será a dinâmica dos primeiros dias de aula.

Se eles devem ficar presentes na escola, na mesma sala, se irá ser aplicado um horário reduzido na escola nos primeiros dias.

É importante para os pais se programarem para poder manter também as suas agendas de trabalho.

Observações durante o período inicial das aulas

Observe cada criança durante os primeiros dias da adaptação, e anote problemas como choro, falta de alimentação, apatia ou falta de sono.

Os estímulos à criança tem funcionado?

Com o passar dos dias, a criança melhorou sua interação e tem o comportamento esperado ao ser levado à escola?

A criança em adaptação, mostra interesse pelos espaços escolares, brincadeiras e atividades propostas e brinquedos oferecidos?

Existe interesse da criança pelos colegas de turma? Se comunica? Brinca?

Pergunte aos pais se a criança apresenta problemas ao sair de casa.

Pergunte também se houve alguma mudança de comportamento em casa após o retorno da escola.

Conclusão

Enfim, você notou que a adaptação escolar é um tema extremamente longo e daria para abordar inúmeras faces e aspectos da adaptação escolar.

Podemos em breve sugerir algumas atividades para o período de adaptação, assim como sugestões de decoração da sala de aula e até algumas ideias de rotina escolar específica para esses conturbados primeiros dias.

Mas como o objetivo é dar uma visão mais ampla sobre este tema, vou ficando por aqui e espero que você tenha gostado do que leu acima.

É muito importante que você deixe seu comentário abaixo, assim posso fazer as modificações e complementos necessários nesse texto e em próximos artigos sobre adaptação escolar que eu venha a escrever.

Obrigada e nos vemos durante o ano todo!

Conheça todos os 9 ebooks que eu já produzi para você.

42 comentários sobre “Dicas e Sugestões para Adaptação no Berçário e Maternal”

    1. Adorei! Foram muito significativas as explicações que simplificam meios para tornar o nosso trabalho educativo mais qualificado. Muito obrigada !!!

  1. Muito bom e útil o artigo! Seria interessante disponibilizar as sugestões de atividades para esse período de adaptação.

  2. Muito interessante o artigo e as dicas. A adaptação é um tema muito importante para nós professores e todo ano passamos por isso.
    Parabéns!!

  3. Sou nova nessa área e seus matérias vão me ajudar bastante , estou ansiosa para receber os alunos , e ao mesmo tempo me sinto despreparada para essa nova fase .

  4. Adorei a matéria! Muito esclarecedora para este inicio de ano. Acho muito importante a comunicação entre a escola e os pais neste momento. Otimas dicas para uma pauta de reunião assim como na elaboração do relatorio de adaptação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.