Aventais para Contar Histórias

aventais-historias

Se tem uma coisa que quero colocar na minha lista de aprendizados para 2016 é costurar. Quem sabe assim eu não consigo fazer algumas coisas lindas como essas.

Enquanto eu não aprendo, vou separando algumas inspirações e vou compartilhando com vocês. As fotos estão lá no fim.

A minha relação com esses aventais com histórias infantis já é de alguns anos atrás. Na época eu vi e nem dei tanta importância assim, mas agora os vejo como um mega recurso, fácil e portátil, para contar histórias para as crianças.

Eu fiz um curso de contadora de histórias (aqui) basicamente para aprender algumas coisas fundamentais, como saber se portar, usar o tom de voz certo com as crianças etc, e recomendo para você também.

E desde então, tenho utilizado as técnicas com o uso de marionetes feitas de feltro, bonecos de pano ou qualquer coisa que dê pra fazer até com materiais reciclados, desenhando olhos e uma boca.

Mas voltando aos aventais, o que eu acho mais legal é que são muito mais fáceis de manipular do que fantoches, o que dá uma dinâmica muito boa para a história. Além de deixar as crianças com o foco totalmente em você.

Como você vai precisar de algumas historinhas de avental, o que combinamos aqui na escola é que cada uma de nós teria uma diferente, e vamos trocando conforme a necessidade. Então estou fazendo o mesmo com as amigas da faculdade para aumentar ainda mais o meu acervo.

Você vai achar no Google aos montes, no Elo7 ou se souber costurar, é só pegar os moldes e mãos à obra.

E aí? Gostou dessa dica também? Então não esqueça de curtir a nossa página do Facebook www.facebook.com/bercariomaternal

Um beijão da Vivi

Conheça todos os 9 ebooks que eu já produzi para você.

Livro – Afinal, o que os bebês fazem no berçário

É começo de mês (pelo menos hoje quando estou escrevendo), todo mundo com salário na mão, então eu vou fazer você gastar!

bebes-bercario

Mas não é com besteira, é com sabedoria e acho que você vai gostar tanto quanto eu gostei.

Desta vez estou falando de um livro. E um livro dos bons para você se perguntar se está fazendo um bom trabalho junto com as crianças e como isso vai influenciar a maneira com essas crianças crescerão.

Eu gosto de falar, mas nada como o próprio autor do livro falando para você se convencer.

Sobre o livro:

Caio, Carlos, João Gabriel, João Pedro, Lara, Lara Cristina, Lucas e Miguel são crianças de poucos meses de idade, mas que estão longe de serem frágeis, incapazes ou imaturas. Como todos os bebês, eles são indivíduos de inúmeras competências, capazes de interagir e de aprender desde o seu nascimento, contanto que rodeados por pessoas que os acolham e os sustentem emocionalmente. Acompanhe a narrativa de Paulo Fochi dentro do universo dos bebês que protagonizam esta obra. Por meio da abordagem da documentação pedagógica, o autor torna visíveis suas aprendizagens em contextos de vida coletiva: os primeiros passos, os encontros com os amigos, a descoberta do seu entorno. A partir de uma vivência prática e fundamentado nas ideias de importantes teóricos da educação infantil contemporânea, aponta caminhos metodológicos para a pesquisa, para a prática pedagógica e para a formação docente.

E agora que você está apaixonada pelo livro, vem a parte complicada, mas não se desespere, não é um livro dos mais caros do planeta (nem pense em arrumar livro pirata, vai cair seu dedo e você vai ter pesadelos).

A versão digital (que eu comprei) custa R$33,04 e a versão impressa R$40,50 – consulta em 03/fev – Saraiva – clica nos preços para você ir lá ver.

Gostou da minha indicação de leitura para começar 2016 na maior pegada? E você ainda não curtiu a página do Facebook mais legal para professoras do mundo e do universo? acessa: www.facebook.com/bercariomaternal e deixa seu joinha!

Entrou no nosso site pelo celular-

Conheça todos os 9 ebooks que eu já produzi para você.

Decoração para Sala de Aula – Pequeno Príncipe

Ontem mostramos alguns calendários de feltro (aqui) e conversa vai, conversa vem, e a Deborah (página dela aqui) nos mandou essas obras de arte que ela faz em EVA, já que ela não sabe costurar.

decoracao-pequeno-principe

Mas como eu falei por lá, quem precisa saber usar linha e agulha sabendo fazer coisas lindas como essa!

Então ela nos mandou mais fotos para deixar todo mundo com vontade de deixar a sala linda e decorada para 2016.

Você não achou o máximo!?

Lembrando que o EVA é um dos materiais que são bem baratos, fáceis de trabalhar (claro que a Deborah faz isso com uma habilidade acima da média) e você pode encontrar toneladas de moldes por aí na internet. As colas e tintas para trabalham com EVA também são vendidos em papelarias e lojas especializadas em artesanato.

Entretanto, preciso te lembrar que o EVA é um material não reciclável e que demora muito, muito mesmo, tipo mil anos pra se decompor.

Preciso confessar que eu adoro EVA, mas sempre uso com moderação. Falo mais dessa questão ambiental em outro post se vocês quiserem.

Um beijo da Vivi e você já sabe – as melhores dicas da internet pra professoras então aqui www.facebook.com/bercariomaternal

Conheça todos os 9 ebooks que eu já produzi para você.