Vantagens e desvantagens do curso de magistério

São muitas as pessoas que desejam se tornar professores. Ensinar outras pessoas, transmitir seus conhecimentos de forma didática e receber tal reconhecimento podem ser considerados feitos extremamente prazerosos.

A verdade é que existe uma série de vantagens e desvantagens do curso de magistério.
E para quem deseja tomar esse caminho é fundamental conhecer essas condições, até mesmo, para que fique mais consciente no momento de decidir algo tão importante para o restante de sua vida.

Muitas estudantes, quando em processo de escolha profissional, deve ter se perguntado ou sido questionado por alguém por qual motivo foi levado a escolher o magistério.

Afinal, por que seguir uma carreira pedagógica quando há tantas opções no mercado, principalmente privado, para as formações?

E quando essas perguntas são impostas é mais do que natural que essas pessoas hesitem e pensem sobre a pertinência de suas decisões.

Iremos relacionar nesse artigo algumas vantagens e desvantagens do curso de magistério, para ajudá-lo a esclarecer ainda mais as suas convicções e pesar quais são as suas prioridades profissionais para o futuro.

Leia também: Vantagens e desvantagens do Curso de Pedagogia.

Vantagens e desvantagens do curso de magistério

Vantagens:

Férias e feriados

As férias e feriados compõem uma vantagem significativa para os interessados no magistério. Afinal, não há outra profissão que ofereça tanta flexibilidade quanto a de um professor. Esse calendário com trabalho durante oito ou nove meses, período letivo, é respeitado por grande parte das escolas e universidades.

Ainda que a escola não ofereça essas datas aos professores, dão a liberdade de realizar atividades à sua escolha, como pesquisas e artigos que enriqueçam ainda mais à sua atividade.

Não é à toa que normalmente se encontra professores estudando mesmo que com muitos anos de experiência.

Além disso, também há os feriados prolongados, as semanas santas, copas do mundo, pontos facultativos, etc., em que os professores podem ganhar tréguas. Em geral, durante muitas datas que permitem aos alunos ficarem em casa, os professores também conseguem aproveitar essa vantagem.

Oportunidades de emprego

Outros pontos também devem ser levados em conta ao comparar as vantagens e desvantagens do curso de magistério.

Mesmo que muito professores percam os seus empregados em momento de crise, logo encontram outro. Essa profissão é essencial para o projeto de qualquer Governo, sempre haverá novas vagas para professores no mercado.

É um ofício essencial, a educação é primeiro ponto para o alcance de diversos objetivos políticos e sociais.

Muito em função disso não há preconceito com a idade desses profissionais. É mercado que além de receber muito bem os seus jovens, também oferece diversas oportunidades aos mais experientes, com idade avançada.

Como atividade intelectual, a vivência dos professores ganha uma visão diferenciada.

Rotinas fogem da monotonia

As rotinas também se transformam em uma vantagem importante para os professores.
Em inúmeras profissões, as pessoas vivem se queixando sobre as atividades repetitivas que costumam fazer.

Isso é um problema que causa complicações nos ambientes pessoais e profissionais das pessoas.

Quem trabalha com serviços desgastantes e repetitivos costuma não lidar muito bem com seu emprego, podem passar por momentos de infelicidade e, sobretudo, serem afetados pelos problemas de saúde que podem os acometer. A monotonia, a falta de desafios, acomoda e pode afetar o equilíbrio emocional.

Já o professor, mesmo que trabalhe para instituições públicas e devam seguir o currículo estabelecido pelo governo, encontram flexibilidade para esquematizar o seu método da forma que melhor lhe convir.

Os professores podem planejar as suas aulas, a maneira como darão as notas. Junto a escola, podem também combinar passeios, atividades extracurriculares, trazer novas experiências aos alunos, garantir um melhor ambiente, com maior interação e dinamismo entre os alunos.

Isso permite que os professores saiam da rotina, consigam ver e fazer coisas diferentes todos os dias.

Encaram o trabalho como um desafio e buscam novas formas de garantir que os alunos estejam absorvendo o conteúdo.

Desvantagens:

Salários

Umas das principais contradições da profissão quando comparamos as vantagens e desvantagens do curso de magistério, é a falta de reconhecimento financeiro adequado de acordo com os esforços.

Mesmo que o professor estude muito e se torne um ótimo tutor (uma realidade muitos professores, pois citamos que esses profissionais praticamente nunca deixam de estudar) quase sempre receberá menor quantia do que lhe é merecido. Afinal, é um ofício que exige muito conhecimento e responsabilidade.

Os professores encaram diariamente o desafio de ensinar diversos alunos com somente um método. Procuram a forma mais eficiente, àquela que possa alcançar um maior número de discentes, já que cada estudante tem suas próprias particularidades.

Portanto, no Brasil, é muito comum ver a classe unida reivindicando o direito a melhores salários em greves e protestos.

Trabalho em casa

Receber um salário diferente daquele esperado pode levar os professores a realizarem jornadas maiores do que as planejadas. Muitos professores acabam trabalhando em dois ou até três períodos por dia, pegando mais aulas do poderiam.

Jornada que, aliás, se torna ainda maior quando consideramos que as pessoas que optam por lecionar também acabam levando o trabalho para casa.

Não bastasse levar o trabalho para casa de maneira indireta, como acontece com grande parte dos profissionais, em que desentendimento com o chefe ou erros cometidos acabam ficando o fim de semana inteiro em sua mente, os professores realmente carregam as suas atividades para casa.

Os professores, geralmente em fins de bimestre ou semestre, acabam deixando a preparação ou correção de provas e a preparação de aulas para serem feitas em casa. O que exige muita organização e planejamento já no inicio do ano letivo.

Outros problemas

Os desafios não param por aí, existem outras desvantagens muito específicas da educação que acabam afetando o professor e até mesmo o método escolhido por ele.

Profissionais da rede pública costumam se ver limitados em algumas situações, quando desejam fazer algo novo, pesquisas, plano de aula, atividades e esbarram na falta de verba destinada à escola. E os currículos também podem estar um tanto obseletos e serem ineficazes na educação dos alunos.

Os estudantes podem ter um despreparo resultante da defasagem em níveis anteriores, o que dificulta o seguir o planejamento das aulas.

Leia mais textos como esse no blog e conheça melhor área da educação infantil.

Conheça todos os 9 ebooks que eu já produzi para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.